Estratégia Integrada para as Doenças Raras 2015-2020

A Estratégia Integrada para as Doenças Raras 2015-2020, que se encontra em anexo ao Despacho n.º 2120-B/2015, de 27 de fevereiro, é coordenada por uma comissão interministerial, presidida pelo Diretor-Geral da Saúde, tem como missão desenvolver e melhorar:


a) A coordenação dos cuidados;
b) O acesso ao diagnóstico precoce;
c) O acesso ao tratamento;
d) A informação clínica e epidemiológica;
e) A investigação;
f) A inclusão social e a cidadania.

Saiba mais: