Histórico de Destaques

Diretora-Geral da Saúde reforça a importância da evidência científica para a confiança na Saúde em Portugal

Diretora-Geral da Saúde reforça a importância da evidência científica para a confiança na Saúde em P

A necessidade de investimento na Saúde Pública e na investigação foram destacados pela Diretora-Geral da Saúde, Rita Sá Machado, na CNN Summit “Inovação na Saúde”, que decorreu a 18 de junho de 2024 em Lisboa, sublinhando que “cada vez mais as nossas decisões têm de ser baseadas em evidência. É importante tornar as nossas decisões mais certas para que os cidadãos continuem a confiar na Saúde em Portugal”.

Rita Sá Machado integrou o debate sobre a saúde no futuro, que contou também com a presença do Presidente do Infarmed, Rui Santos Ivo, da Diretora do Instituto de Medicina Molecular de Lisboa, Maria Manuel Mota, e do Presidente do Conselho Português para a Saúde e Ambiente, Luís Campos.

No debate, a Diretora-Geral da Saúde abordou a evolução tecnológica, realçando que a implementação da Inteligência Artificial é decisiva. “A quantidade de informação necessária de analisar já não é possível apenas com trabalho humano. [A Inteligência Artificial] vai permitir-nos dar respostas, alterar as nossas próprias intervenções na área da saúde, acelerar algumas das nossas decisões”, frisou.

Questionada sobre se hoje estamos mais bem preparados para lidar com futuras epidemias, Rita Sá Machado referiu que “estamos a trabalhar num Plano de Preparação e Resposta Nacional para uma Emergência em Saúde Pública, que depois é adaptado para as suas diferentes ameaças. A inovação ajuda-nos a preparar e a ter estes sistemas de alerta para uma possível epidemia”. “Vamos estar melhor preparados. Nós, os diferentes setores, é importante que todos consigamos perceber qual é o nosso papel”, sublinhou.

O evento contou ainda com a presença da Ministra da Saúde, Ana Paula Martins, bem como de outros líderes e especialistas nacionais.