Verão » Incêndios

Os incêndios, apesar dos enormes esforços realizados para a sua prevenção, continuam a afetar severamente os recursos florestais da bacia mediterrânica e constituem, nos últimos anos, uma das principais causas de degradação ambiental abrangendo extensas áreas.

A elevada densidade populacional, o abandono progressivo das áreas rurais e a situação meteorológica particularmente favorável à sua ocorrência, de países como Portugal, a estrutura e tipo da vegetação e a gestão territorial são os principais elementos que contribuem para a deflagração de um incêndio florestal e que dificulta o seu controlo.

Da combustão provocada por um incêndio é produzido fumo (com libertação de gases e partículas), calor, luz e por vezes chamas.

Para além das consequências económicas e ambientais, os incêndios representam riscos para a saúde decorrentes não apenas dos poluentes emitidos mas também riscos associados ao seu combate, como problemas relacionados com o calor ou queimaduras. Podem também ocorrer problemas relacionados com falhas no abastecimento de água.

Informação adicional

  • Em caso de emergência ligue o 112 
     
    ou
     
  • Contacte o Serviço de Saúde mais próximo

Para mais informações ligue para a Linha Saúde 24 -  808 24 24 24