Programa Nacional
para as Doenças Cérebro-Cardiovasculares

Programa Nacional para as Doenças Cérebro-Cardiovasculares
 

 

Pelo Despacho n.º 6401/2016 de 16 de maio, o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde determinou a criação do Programa de Saúde Prioritário na área das Doenças Cérebro-Cardiovasculares, que integra a Plataforma para a Prevenção e Gestão das Doenças Crónicas.

De acordo com o Despacho nº 7433/2016 de 25 de maio, o Diretor-Geral da Saúde nomeou, por um período de três anos, os Diretores das diversas áreas, cabendo especialmente ao Diretor para a área das Doenças Cérebro-Cardiovasculares, Dr. Rui Cruz Ferreira:

  • Promover e dinamizar a monitorização dos indicadores adequados para uma permanente avaliação do impacto das doenças cérebro e cardiovasculares na população portuguesa, bem como da utilização de recursos com elas relacionadas;
  • Desenvolver Programas de promoção da prevenção, tratamento e reabilitação das doenças cérebro e cardiovasculares com particular incidência em áreas consideradas prioritárias;
  • Desenvolver estratégias organizativas designadas como “Vias Verdes”, criando sistemas de informação integrados que contemplem as vertentes pré -hospitalar e hospitalar;
  • Implementar projetos com o objetivo de disponibilização de meios complementares de diagnóstico e terapêutica da área cardiovascular nos cuidados de saúde primários;
  • Incentivar a criação e o desenvolvimento de sistemas de avaliação do impacto de novos métodos de diagnóstico e terapêutica no domínio do Programa Nacional.